Kim Jong-Un disse em uma entrevista que feminismo é falta de rola

O imperador da República Democrática da Coreia do Norte deu uma declaração polêmica na tv estatal do seu país na manhã de hoje.

Pabllo Vittar nua na Playboy – CLIQUE AQUI E VEJA AS IMAGENS

Não se trata de ameaças aos EUA nem a qualquer outro país. Na verdade o que Kim Jong-Un disse foi um frase de deboche em relação às nossas queridas amigas feministas.
Kim, que fazia um discurso orgulhoso, falando das maravilhas socialistas do seu país, não perdeu a oportunidade para alfinetar o ocidente.

Ele disse que no seu país não havia engarrafamentos. Não havia obesidade, nem ar poluído, numa clara referência aos problema enfrentados por países ocidentais e também por países como Japão e China.

Pesquisa mostra que 98% dos homens esquerdistas sofrem com impotência sexual – CLIQUE AQUI E CONFIRA

No discurso, Kim Jong-Un disse que a Coreia do Norte é um pequeno pedaço do paraíso na terra e que o povo norte coreano deveria agradecer ao deus estado todos os dias pela vida que levam. Falou mal do McDonald’s, da Coca Cola e dos refrigerantes Dolly e Mate-Couro.

Esse realmente foi um discurso diferente, não pelo fato do Grande Líder estar tecendo elogios ao seu país, pois ele sempre fez isso, e com frequência. Mas o que realmente deixou a todos surpresos foram as alfinetadas que Kim deu no ocidente, tocando em problemas que somente países ocidentais sofrem.

Lula será transferido para a mesma cela onde está o Negão do WhatsApp – CLIQUE AQUI E VEJA O VÍDEO

Por fim, Kim Jong-Un disse que em seu país as mulheres viviam extremamente felizes e seguras sem haver qualquer necessidade de se manifestarem contra o governo como fazem as mulheres no ocidente… E foi justamente nesse momento que Kim aproveitou o embalo para falar das manas feministas. Kim disse o seguinte: As nossas mulheres são as mais lindas do mundo, né? São também as mais felizes e seguras. Não há maus tratos às mulheres norte coreanas, pois os homens norte coreanos são cavalheiros. Aprendem a ser cavalheiros desde criança, através da educação fornecida pelo governo. É por isso que aqui não se vê mulheres se manifestando contra o governo. Não se vê mulheres fazendo protesto nas ruas, seminuas, com os seios flácidos à mostra. Aqui nem ao menos tem feministas. Aliás, feminismo é falta de rola. No meu país não tem essa porcaria.

Anúncios

2 respostas